Serviços

Podologia

A podologia é uma área auxiliar da medicina, especializada em tratar as conseqüências das constantes agressões que os pés sofrem. 

- Unhas Encravadas ou Onicocriptose
- Calos
- Calosidades
- Cravo
- Bicho de pé
- Micoses
- Fissuras
- Colocação de órteses
- Pessoas com diabetes

A Onicocriptose, ou unha encravada, é motivo de grande desconforto. A intervenção cirúrgica normalmente não resolve o problema. Os podólogos entendem que, em 99% dos casos, é possível solucionar o problema sem a intervenção cirúrgica.É uma dolorosa afecção e geralmente ao seu redor, se desenvolve-se um tecido granulomatoso. O tratamento está restrito somente à retirada da espícula (pedaço da unha) e não da unha propriamente dita.

O calo é uma hiperqueratose associada à presença ou não de um núcleo do mesmo material, com formato cônico, tendo sua porção mais estreita voltada para dentro e têm como causa, problemas de origem ortopédica e/ou calçados inadequados.O podólogo pode auxiliar a sanar esse incômodo. removendo de forma simples, rápida e indolor.

O cravo é um tipo de calo situado na planta do pé, aprofundado como um cone e muito doloroso a sua remoção, é feita de forma simples, rápida e indolor. O tratamento consiste na higienização completa dos pés onde será executada a remoção do cravo, que é efetuada com instrumentos apropriados e esterilizados.

O bicho de pé é a menor espécie de pulga e apenas a fêmea penetra nos tecidos do homem, porco, cão e rato. No homem, o bicho-do-pé prefere penetrar principalmente na sola do pé, nos cantos e sob as unhas (dos pés e das mãos). A pulga penetra no hospedeiro escolhido, permanecendo com a cabeça e o corpo mergulhados no tecido. As fêmeas, ao penetrarem, provocam uma coceira intensa. Após alguns dias, o seu abdome aumenta, tomando a forma de batata ou moranga. A pulga está cheia de ovos. Os machos e fêmeas vivem em locais secos, próximos de chiqueiro, monte de estercos e nas proximidades da casa (hortas e jardins).O maior perigo do bicho-do-pé está na possibilidade da pulga levar também o bacilo do tétano e gangrena. O bicho deve ser retirado com cuidado para não estourar seu abdome. O processo é indolor e o podólogo está apto a retirar a pulga de forma simples e rápida.

As micoses são infecções provocadas por fungos. Podem se manifestar na pele, couro cabeludo e unhas. Isso porque essas regiões são ricas em queratina, o alimento desses fungos. A higiene é o princípio fundamental tanto para prevenção como para a cura das micoses, por isso, recomendamos visitas regulares de mês em mês para uma assepsia em clínicas especializadas em tratamento de pés, juntamente com o uso de medicamentos indicados por dermatologistas.

As fissuras são rachaduras que deixam os pés doloridos e, muitas vezes, dificultam a simples rotina de calçar os sapatos e caminhar. Pode ocorrer até mesmo sangramento. Geralmente se dão pelo ressecamento da pele associada ou não à hiperqueratose, sendo que esta última é uma podopatia que, muitas vezes, aparece conjugada às fissuras.

Órtese é um dispositivo que se fixa à lâmina ungueal (unha) e apresenta eficiente capacidade de tração mecânica, sendo inegavelmente a melhor opção para o tratamento corretivo de unhas deformadas. A aplicação de órtese faz com que a unha volte ao seu formato normal e, consequentemente, há um alívio de dor.

Os cuidados com os pés são feitos, muitas vezes, apenas por estética, mas algumas doenças podem ocasionar sérias lesões aos membros. Entre elas, está o diabetes
Em fase crônica, quando a doença já este bem adiantada, o diabético apresenta comprometimento da circulação, principalmente nas extremidades, perda da sensibilidade e dificuldade de conter hemorragias e cicatrização em qualquer nível. Por isso, é muito importante que o diabético procure evitar qualquer tipo de ferimento nos pés e siga certa rotina. Cabe ao podólogo, que é um profissional qualificado, realizar o atendimento de todas as patologias apresentadas pelo pé diabético, respeitando os níveis de cuidados diferenciados e de risco.Para todo pé diabético, recomendam-se sessões mensais para o corte das unhas, a remoções de calos e calosidades, a higienização geral e a hidratação dos pés e, principalmente, para massagens reflexiológicas, estimulante da circulação que é essencialmente comprometida nos diabéticos.